Sobre mim

O meu nome é Óscar Sarabando. Sou um rapazola nascido em Aveiro no final dos anos 70, licenciado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro. Hoje em dia trabalho em desenvolvimento de software especializado na área da indústria de produção (alimentar e química), mas também faço automação, supervisão e controlo. Já desenvolvi from scratch todas estas facetas em várias fábricas, desde iogurte a azeite, passando por vinhos, frutas, produtos químicos…

No passado já passei por um departamento de IT, geri servidores e workstations, e desenvolvi software em várias linguagens e plataformas. Até já criei um computador embebido com placas PC104, uma ligação móvel 3G e uma versão customizada de Debian Linux (foi divertido!). Hoje divirto-me a brincar com electrónica e microcontroladores, e a programar tudo o que acho interessante, como telemóveis e o iPhone, sempre com um projecto concreto em mente.

Adoro e admiro toda a arte em geral, e a fotografia em especial, que pratico. Identifico-me com a Pentax, adoro a compatibilidade das DSLRs com objectivas antigas, a qualidade e facilidade de utilização. Divirto-me à brava com os meus “carrinhos” telecomandados eléctricos, em competição ou a correr com amigos. Gosto muito da filosofia da Tamiya e da HPI. Também tiro especial prazer em jogar Magic: The Gathering, embora hoje em dia só o consiga fazer em (algumas!) pre-releases. Ainda bem que são todas sealed deck, senão era sempre corrido a derrota em menos de 5 minutos! Assim sempre ganho uma batalha de vez em quando! :)

Mesmo assim, há poucas coisas que consigo comparar a uma boa refeição, quando acompanhado pelos que mais amo, por um bom queijo e um bom vinho! Principalmente se for um dos nossos vinhos verdes, tintos ou brancos, das nossas vinhas aqui em Vale de Cambra, vindimado por nós e vinificado pelo meu sogro (só com a ajuda da Mãe Natureza)!

Utilizo este blog para tomar notas que no futuro possam ser úteis não só a mim, mas a qualquer pessoa do Mundo, assim como para satizfazer a minha necessidade intrínseca de escrever. Passeia-te à vontade pelos meus domínios; espero que possas aprender alguma coisa e que retribuas com o teu conhecimento. O saber não ocupa lugar! Bem, talvez uns bytes no meu servidor…

Acima de tudo… diverte-te!