Archive for the ‘Magic: The Gathering’ Category

Hidden Gems

Domingo, Janeiro 4th, 2009

Buying stuff off eBay is a risky business. Still, the best deals are usually hidden in the most misterious auctions, the ones with small, blurry, misfocused pictures and very little description. Sometimes you get lucky.

I was looking for Magic: the Gathering cards from the Ice Age edition, since it is one of my favorites and it is impossible to purchase new. What I was searching for was someone selling a personal collection of cards, with rares, uncommons and commons alike, just as I would get them if I purchased some boosters. I knew it was difficult, because people usually sell/buy/trade the best cards, and someone selling cards as a lot will almost allways sell the big, rare cards seperately. But I found these auctions about Ice Age cards; blurry pictures ahoy, but the description mentioned some of the cards’ names, and they were really interesting. Many were not even from Ice Age, but from early editions like Arabian Nights, Fallen Empires, Legends or Homelands.

I think I really got lucky this time, since not only are some cards really great and dificult to find, they are in pristine condition! Some of the stuff I found: Serra Angel, Zuran Orb, Necropotence, Baron Sengir, Divine Offering, Fellwar Stone, Serrated Arrows, Northern Paladin, White Knight, Armageddon, Wrath of God, Balance, Urza’s Tower/Mine/Power Plant…

It was like opening a really BIG old booster of awesome cards!

Magia de principiante

Segunda-feira, Outubro 13th, 2008

Consegui arranjar um bocadinho para ir à pre-release de Shards of Alara em Mira (no Alpendre), e jogar um bocadinho de Magic: the Gathering. Deu para matar saudades, apesar de não ter ficado até ao fim, mas foi vergonhoso: não ganhei um único jogo (let alone uma ronda), e em um ou dois deles não durei 5 turnos. Ai.

Primeiro fiz um deck com pouquíssimos terrenos (12 para 41 cartas), e cartas de todas as cores. Apesar de ter alguns artefactos a criar mana, na primeira ronda apanhei porrada até mais não. Verdadeiramente de principiante.

Ok, rebuild. 18 terrenos desta vez, criaturas pequenas e muitas mágicas. Asneira! Neste formato, é muito comum fazer muitos turnos e ter muita mana. Com criaturas 3/3 e 5/5 em cima da mesa (do outro lado), o meu jogo era sempre a tentar não perder (o que eventualmente acontecia). Uma criatura 1/1 a entrar ao turno 14 não serve de muito (a não ser que já tenha mais 7 dessas um jogo), e o meu oponente lidava sempre com elas facilmente.

Calhou-me uma Mythic Rare, o Lich’s Mirror. A carta tem piada, usei-a duas vezes para fazer reset ao meu jogo porque estava a perder e quase não tinha criaturas na mesa. Mas não servia de nada; o Lich’s Mirror leva-me mesmo para o ínicio, sem nada na mesa. Em contraste, o meu oponente tinha já algumas criaturas apontadas a mim e montes de terrenos, o que fez com que não me aguentasse mais de 3 turnos. O Lich’s Mirror tem de ser jogado com um deck que funcione com ele; temos de deixar permanentes em jogo (roubadas ao adversário, o espelho só limpa o que é nosso), e a nossa mão típica tem de aguentar um “arranque a meio” (criaturas rápidas a entrar e principalmente inbloqueáveis). Não é fácil, mas podemos ter uma segunda oportunidade, principalmente se o oponente já estiver fraquinho.

Enfim, já não jogava Magic há anos, mas mesmo assim foi um desastre. Pelo menos toda a gente se divertiu a ganhar-me! :)

Como não tenho mesmo tempo para jogar, vou tentar ir à pre-release de Conflux. Vemo-nos lá!